quinta-feira, 30 de janeiro de 2014

Minhas séries favoritas - Comédias

Tudo começou em 1990 com Seinfeld, uma série sensacional sobre o nada, produzida por Larry David e o próprio Seinfeld e que durou 9 temporadas e é um clássico das sitcoms americanas, com seus personagens preconceituosos.



Depois disso, comecei a seguir 3rd Rock from the Sun outra série muito boa, um grupo de extraterrestres vem para a Terra para pesquisar e viver como seres humanos. A graça vem das tentativas de entender a sociedade humana e, devido à sua vida como próprios humanos enquanto na Terra, entender sentimentos e costumes.

É também uma sátira dos esforços de estrangeiros para se adaptarem aos costumes de uma outra cultura. Ao longo dos episódios, tornam-se mais habituados à Terra e, muitas vezes, mais interessados em suas vidas humanas do que em sua missão.

O elenco é muito bom, com John Lithgow, Joseph Gordon-Levitt ainda criança.


Já totalmente apaixonado por esse gênero americano, assisti com prazer a história de 6 amigos que vivem juntos, Friends, conquistou ao longo dos anos público e crítica, e marcou para sempre os atores, tanto que muitos deles não conseguem fugir do personagem que interpretaram ao longo de anos. Talvez a única atriz que teve um sucesso maior foi Jennifer Aniston, não só pela vida pessoal, como pelos filmes que fez ao longo dos anos pós-seriado.



Ainda falando sobre comédias, uma das minhas favoritas era According to Jim, com o sensacional James Belushi, o início da temporada foi 2001 e terminou depois de 8 temporadas em 2009.



Everybody Loves Raymond também teve um lugar carinhoso na grade de sitcoms que eu assistia, a série teve início em 1996 e terminou em 2005, o grande trunfo da série eram os pais do personagem principal, Raymond.

Eles sim eram as estrelas da série, e em qualquer família você poderá encontrar uma pessoa parecida com eles.


Como nunca gostei de séries que viviam o drama dos hospitais, a não ser House, foi com alívio que conheci Scrubs série estrelada por Zack Braff, contava a história de dois amigos que trabalham em um hospital, mas ao invés de mostrar diagnósticos ou cirurgias, a série focava nos problemas pessoais dos personagens, como o bullying que o personagem de Zack sofria por parte do médico encarregado do seu treinamento, as pegadinhas do funcionário de limpeza e dos momentos românticos dos personagens.


Fã de Michael J. Fox desde seu personagem em De volta para o futuro, gostava bastante de assistir Spin City onde ele fazia o assessor do prefeito, e tinha que lidar com diversas situações embaraçosas, a série teve 6 temporadas, mas Michael só fez 4 por causa do diagnóstico de sua doença se afastou das filmagens para se tratar, sendo substituído por Charlie Sheen nas 2 últimas temporadas.



E para fechar as minhas favoritas, That´s 70´s show no canal Sony foi a única que eu assisti sem perder nenhum episódio.

Adorava a Donna ( a atriz ruiva e linda Laura Prepon), e ria mesmo com o pai do personagem principal que sempre zoava o filho.

Foi a série que lançou Thoper Grace, Mila Kunis, e o chato Ashton Kutcher...





Texto: Marcello Lopes
Fotos: Google

Um comentário:

Jeff e Mel disse...

Ótima sequência de séries.