quarta-feira, 2 de maio de 2012

A Mulher que virou Urutau



Esta é a história de uma bela índia que se apaixona por Jaxi, o Lua. Para saber se o sentimento era verdadeiro, Jaxi resolve colocar em prova o amor da jovem.

Para isso Jaxi se transforma em um velho índio, que visita a aldeia de sua enamorada, ao conversar com ela lhe revela sua identidade mas é repelido pela bela jovem que imaginava-o de outra forma.

Durante vários dias Jaxi convive com a família da índia, e em todas as situações recebe a indiferença da jovem, mas sua irmã inicia um relacionamento com o velho índio, e aos poucos conquista o coração de Jaxi.

Em resposta a essa paixão Jaxi assume sua verdadeira forma, de um guerreiro forte e jovem, anunciando seu casamento em breve. É quando a índia que antes o repelia se arrepende e pede à ele uma segunda chance, Jaxi não se comove com os pedidos da jovem e casa-se com sua irmã.

A jovem antes enamorada pela lua é transformada no pássaro Urutau, enquanto que a sua irmã é transformada em estrela para ficar ao lado de Jaxi por toda a eternidade.

O livro traz o texto em português e em guarani e dados informativos sobre o pássaro urutau.

A obra traz a lenda guarani sobre a origem do pássaro urutau, uma ave que possui uma diferente estratégia de camuflagem: ficar imóvel nos troncos das árvores, de olhos fechados, para não chamar a atenção dos predadores.

Seu canto é rouco e melancólico, por isso é chamada também de “ave fantasma” ou “mãe da lua”.

Por meio da lenda é possível discutir a relação entre essência e aparência, valores e virtudes, além da própria cultura indígena.

Texto: Marcello Lopes

Nenhum comentário: