segunda-feira, 7 de maio de 2012

Livro Labirinto vira mini-série !!!



A produção foi anunciada em abril de 2011, quando a produtora de Ridley Scott, a Scott Free, se associou à alemã Tandem Communications para adaptar a obra de Kate Mosse como uma minissérie em quatro episódios. Desde então, os direitos de exibição de Labyrinth já foram adquiridos por canais da Alemanha (Sat.1), França (M6), Áustria (ORF), Espanha (Quatro) e Inglaterra (Channel 4), com estreia prevista para o segundo semestre deste ano.

Com roteiro de Adrian Hodges, de Roma e Primeval, a história é situada em duas épocas: o tempo presente e o período medieval, ambos na França, narradas em paralelo. No período de 1209 vive Alaïs (Jessica Brown Findlay, de Downton Abbey), jovem curandeira que recebe a missão de proteger um livro que conteria o segredo do Santo Graal. Parte de uma trilogia (The Book of Words, The Book of Potions e The Book of Numbers), a obra se torna alvo dos Cruzados, quando estes atacam a cidade de Carcassonne, local considerado herege.



Em paralelo, nos tempos atuais, Alice Tanner (Vanessa Kirby) e um grupo de arqueólogos descobrem uma caverna onde estão os restos mortais de duas pessoas. No local também são encontradas misteriosas imagens gravadas na parede e um anel com o símbolo de um labirinto. Logo a caverna e o anel se tornam alvos daqueles que não medirão esforços para descobrir os segredos que os símbolos escondem, colocando em risco a vida de Alice.



No elenco também estão John Hurt (Audric Baillard), Kate McGrath (Oriane, irmã de Alaïs),Lena Doerrie (Rixende), Janet Suzman (Escalarmonde), Danny Keogh (Bertrand), Claudia Gerini (Marie Cecile), Bernhard Schir (Paul Authie), John Lynch (Simon de Montfort), Tony Curran (Guy D’Evreux), Emum Elliott (Guilhem), Sebastian Stan (Will) e Tom Felton (Trecavel).


Fonte: Nova Temporada por Fernanda Furquim

2 comentários:

Nicole disse...

O Brasil sempre fica pra trás :(

Karla P disse...

Labirinto é um livro recomendado apenas para aqueles que amam a leitura. O elenco do série é Tom Felton, que recentemente apareceu no filme Risen, que é uma espécie de sequela do "Paixão de Cristo". Eu não sou um fã deste gênero de filme, mas eu gostei da perspectiva ateísta com uma estrutura narrativa realizada da maneira mais respeitosa, honesta e real. Vale a pena vê-lo como ele é uma adaptação do que acontece depois que Jesus ressuscita.