segunda-feira, 23 de abril de 2012

Atores cubanos vão aos EUA divulgar filme e somem no país


Dois atores cubanos, protagonistas de um filme que relata as aventuras de jovens que querem sair de Cuba, desapareceram nesta semana logos depois de pisarem em solo americano, para onde viajaram para apresentar a produção no Festival de Cinema de Tribeca.

O site do jornal "The Huffington Post" afirmou neste domingo que Anailín de la Rúa e Javier Núñez Florián, ambos de 20 anos, saíram de Cuba junto com outros companheiros de elenco com a intenção de participar da estreia de "Una Noche" no conhecido festival nova-iorquino.

No entanto, se separaram de seus colegas quando na quarta-feira fizeram escala em Miami (Flórida), segundo explicou ao site o ator Daniel Arrechada.

"Estou sozinho em Nova York", confirmou Arrechada, acrescentando que está disposto a voltar a Cuba, mas não se sente à vontade para julgar seus companheiros.

"É uma decisão pessoal. Nem todos temos que ficar e nem todos temos que voltar", defendeu.

Já a diretora do filme, Lucy Mulloy, comentou ao site que, embora esteja "decepcionada" e "surpresa" pela decisão dos dois atores, "compreende" a fuga.

"Una Noche", co-produção de Cuba, Estados Unidos e Reino Unido, concorre neste ano ao prêmio de Melhor Roteiro no Festival de Tribeca.

O filme conta a história de Raúl e Elio, dois adolescentes cubanos que enfrentam o dilema de abandonar a ilha na busca por uma vida melhor em Miami.

É, o comunismo é tão bom na Ilha Encantada de Fidel que quem pode abandona tudo e foge só com a roupa do corpo... Ainda bem que não foi no Brasil, Dilma e sua turma os devolveriam indignados com a atitude de abandonar o sonho revolucionário.

Fonte: Folha

Nenhum comentário: