sexta-feira, 5 de agosto de 2011

As cidades invisíveis


As cidades invisíveis
Autor: Ítalo Calvino
Editora: Cia das Letras

Nesse livro o famoso explorador Marco Pólo descreve para o imperador mongol Kublai Khan as inúmeras cidades que fazem parte do seu vasto império.

Nomes exóticos como Bersabéia, Ândria fazem parte da narrativa, cidades recheadas de geografias fantásticas, detalhes fabulosos, como Isaura, a cidade de mil poços com duas religiões distintas, ou Zora, a cidade que quem viu nunca consegue esquecer, ou Fedora com seu castelo de metal.

São textos curtos com muita imaginação nos transportam ao mundo da fantasia, onde cada lugar tem sua própria explicação para existir.

Texto: Marcello Lopes

2 comentários:

Letícia disse...

Sempre ouço falar desse livro, mas ainda não tive a oportunidade de ler.
Esse texto curto e objetivo me deu mais curiosidade de ler. Com certeza estará na minha lista de leituras a partir de agora.

Um abraço!

Bípede Falante disse...

Também tenho e também li :)
Já faz algum tempo. Talvez uns três anos ou mais. Preciso pegar o livro para ver a data de encerramento. Sempre anoto a data da minha despedida.
Aí, um artista daqui, Paulo Amaral, imortal da academia, começou a pintar cidades e mais cidades, visíveis para todos e invisíveis para os escolhidos e eu me dei, finalmente, nesse ano, aquela em que eu apareço sem ninguém me ver!