segunda-feira, 21 de março de 2011

SEAL - Chevrolet Hall 2011

 

Bom, eu sou fã dele desde 1991 quando ele lançou o seu primeiro álbum, concorrendo à vários prêmios da indústria americana, tenho todos seus álbuns em mp3 e os levo sempre onde eu vou, é quase uma idolatria.

Eu moro em Belo Horizonte fazem 18 meses e nunca tinha ido em algum show fechado, por isso foi com muita alegria que recebi a notícia que teria meu nome na lista para entrar no show do Seal sem nenhum custo.

Cheguei mais cedo no Chevrolet Hall e fiquei esperando até que pudesse entrar, pensando que seria levado à arquibancada, mas para minha surpresa fui levado pra pista, e como ainda estava cedo, consegui um ótimo lugar.

Cara de quem tá feliz !!!
 O show foi sensacional, apesar do atraso de 1 hora.

Seal abriu com If I´m any closer, Loaded e Killer do primeiro álbum de 1991 com uma energia absurda no palco, pulando e provocando a galera, na sequência cantou duas músicas do álbum Soul de 2008, It's a Man's Man's Man's World e I Can't Stand the Rain e Weight of my mistakes.

Seal parou para dizer o quanto estava quente no lugar (pelo calor que estava fazendo, ar condicionado não existia naquele lugar) e para dizer o quanto ele estava feliz de voltar ao Brasil, e pela alegria do 1° show na cidade mineira.

Seal começou a segunda parte do show com Love´s Divine, Prayer for Dying, Just Like you said, The way I lie, My Vision, Right Life, Violet em uma sequência pra lá de emocionante.

Uma parada por causa de um problema com o seu microfone, a banda começa a solar alguns acordes enquanto espera pela volta do cantor.

Seal voltou na terceira parte com outra sequência avassaladora começando com Kiss from a rose, Lost my faith, Dreaming in Metaphors em uma versão acústica, fechando com Amazing do álbum System.


Seal ainda cantou 2 músicas que eu não conhecia e não achei no setlist do show, sorry !!


Antes da minha câmera começar a dar pau, fiz um vídeo da 1° música do show, que foi Killer, releve a qualidade da voz que acompanha a música, e principalmente as peripécias de enquadramento.



Cantando Kiss from a rose

Banda muito boa.







Fotos e Vídeo: Marcello Lopes

3 comentários:

Paula disse...

&%#$@@%$^$%&%^!!!! QUE INVEJA!!!!

Edison Junior disse...

Puxa, deve ter sido ótimo isso. Legal!

Caféína disse...

PÔXA!!! MUITO BOM. O vídeo ficou bacaníssimo...rs e a voz relevamos