domingo, 9 de janeiro de 2011

Zona Morta


Bom, eu sou suspeito para falar de Stephen King, sou fã de tudo que ele escreve, assisto todos os filmes baseados em suas obras, mesmo os mais medíocres.

Já tinha lido A Zona Morta em uma edição da Editora Record com uma capa horrível, e depois de muitos anos assisti a série The Dead Zone com o Anthony Michael Hall.

Capa horrível
A história narra a vida de John Smith, um bem-humorado professor que sofre um acidente de trânsito e fica 5 anos em coma, acordando sem poder reconhecer diversos objetos, alguns simples e outros não, os médicos neurologistas chamam a área do cérebro danificado de Zona Morta.

Durante sua recuperação, John começa a revelar um certo dom de prever o futuro ao tocar uma pessoa, a primeira "vítima" de seu estranho poder é uma enfermeira que recebe a notícia de que seu filho ficará bem de uma cirurgia que nem tinha sido marcada.

Isso é o bastante para que John vire uma celebridade no hospital, e ao ser examinado por um dos seus médicos o informa que sua mãe que ele pensava ter morrido, está viva, com isso ganha um amigo e protetor dentro do hospital.

Mas aos poucos John percebe o quanto perdeu nesses últimos 5 anos, sua namorada antes do acidente está casada e tem um filho, sua mãe enlouqueceu e o mundo não é o mesmo.

Ao sair do hospital John tem que lidar com a fama e com o assédio da imprensa e das pessoas pedindo ajuda para os mais variados problemas, para eles o dom de Smith é uma dádiva, mas ele entende que é uma maldição.



Isso faz com que ele mude de cidade, e em um comício ele aperta a mão de um político chamado Greg Stillson, um candidato ao senado sem escrúpulos, e o que John vê o deixa obcecado por esse homem.

A partir daí sua obsessão o faz tomar uma decisão que mudará o destino do mundo inteiro, inclusive o seu.

O livro é fantástico, com uma narrativa ágil e simples, é possível visualizar John tocando as pessoas e sofrendo com o que vê, mesmo quando ele ajuda a desvendar crimes a sensação que temos é que esse dom consome cada vez mais o personagem.

Houve um filme estrelado por Christopher Walken e Martin Sheen com direção de David Cronenberg que deu origem à série The Dead Zone que passava no Brasil no canal AXN.


Marcello Lopes

Nenhum comentário: