terça-feira, 25 de janeiro de 2011

Um Diário Russo


Em meados de 1947, dois dos mais renomados artistas do Ocidente fizeram juntos uma viagem desafiadora. Descontentes com a manipulação das notícias sobre a ex-URSS na imprensa norte-americana e tomados de autêntico espírito jornalístico, John Steinbeck (1902-1968) - autor de As Vinhas da Ira - e o premiado fotógrafo Robert Capa (1913-1954) partiram para Moscou no início da chamada Guerra Fria, que por mais de quarenta anos dividiria politicamente o planeta em facções antagônicas.

As brilhantes imagens de Capa - feitas em Moscou, na devastada Stalingrado, na Ucrânia e na Geórgia - e os textos do livro falam sobre a terra russa arrasada pela guerra, os hábitos populares e o comportamento dos anfitriões ligagos à cúpula comunista. 

Em tom bem-humorado e muitas vezes emocionado, Steinbeck revelava ao mundo que "o povo russo também tinha uma vida privada, da qual nada sabíamos, pois ninguém se dera ao trabalho de tomá-la como tema de seus relatos e fotos". 

O resultado dessa excepcional colaboração entre dois dos mais combativos homens de nosso tempo é uma obra do mais alto nível, entre a literatura de viagem e o romance-reportagem.

Fonte: Cosac & Naify Editora

Nenhum comentário: