segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

Arséne Lupin


Produção em conjunto de França-Inglaterra-Espanha-Itália de 2004, com Romain Duris, Kristin A. Scott Thomas e Eva Green.

A história de Arséne Lupin que descobre quando criança que seu pai era um ladrão profissional, mas ao invés de rejeitá-lo o garoto segue os passos do pai, assassinado no começo do filme depois de um roubo frustrado.

Quando adulto, Arséne incorpora um ladrão charmoso e educado, que consegue furtar jóias e objetos sem que as pessoas percebam, diferentemente de outros ladrões, Arséne nunca mata, só rouba de ricos e nunca rouba a mesma pessoa duas vezes.

O filme tem uma fotografia belíssima, trilha sonora bem cuidada, Romain Duris não é tão conhecido no Brasil, mas leva o papel com muita criatividade, Eva Green é sempre um colírio (Já disse aqui no Blog que ela é a Sibila mais linda do cinema) e Kristin é sempre bela e competente.

O personagem é uma criação de Maurice Le Blenc de 1907 que escreveu o livro Ladrão de Casaca ou Arséne Lupin, o ladrão cavalheiro.

O personagem foi criado à partir de uma encomenda de uma revista francesa ao autor.


O personagem do livro como do filme é inteligente, desafiando todas as regras e fazendo as mulheres se apaixonarem por ele mesmo sendo roubadas.

O escritor colocou Arséne confrontando-se diversas vezes com um detetive chamado Herlock Sholmes, uma clara referência ao personagem criado por Doyle.


O livro foi adaptado diversas vezes desde que foi lançado, em 1937, em 1956, 1962 e contou com uma série na tv francesa.

Marcello Lopes

Um comentário:

Edison Junior disse...

Eu gostava muito de ler os livros de Arsene Lupin, mas não sabia que havia esse filme. Legal!