sexta-feira, 21 de maio de 2010

Bienal de Belo Horizonte - parte 5



Sim, esse foi um momento de tietagem explícito, Rubem Alves ao lado da equipe que trabalhou, suou e ralou para que o evento fosse um sucesso.

14hs : Percebemos que os banners não haviam ficado prontos, lá vou eu correr pra gráfica rápida para esperar o Bruno enviar a arte pro meu e-mail, chegando na gráfica decidi por 4 banners do tamanho A3 com fundo vermelho e eles ficaram prontos em pouco menos de 20 min.

17hs : De volta para Bienal, colei os banners nos estandes, escolhi os livros para vender na porta do auditório onde o autor iria dar uma palestra e fiquei responsável pelo troco,sacolas, marca páginas, e todo um conjunto de quinquilharia que acompanha esses eventos.

18hs: Fiz um esquema com a assessora de imprensa dele e Adriana da Ed.Record para limitar o n° de autógrafos, já que o autor estava muito gripado e cansado da viagem.

Ficou decidido que ele autografaria no máximo 50 pessoas, por ordem de chegada e com uma senha própria da editora.

19hs : O auditório estava lotado, mais de 450 pessoas se acotovelaram pra assistir esse gigante da educação brasileira falar por 40 min da sua pedagogia dos caracóis.

Essa pedagogia leva em consideração não a rapidez do ensino, mas a qualidade dele mesmo tomando um tempo maior de aprendizado.


20hs: a palestra terminou e a fila se forma em frente ao estande da Record, e a Adriana começa a distribuição de senhas para os autógrafos informando o n° exato de assinaturas que o autor iria conceder e explicando o motivo.

20:20hs: Rubem Alves chega ao estande visivelmente cansado e abatido pela gripe.


Alguns clientes se irritaram com o atraso e sairam da fila gerando um pequeno tumulto, do qual Adriana com a experiência de quem sobreviveu à Meg Cabot serenou os ânimos e colocou ordem no espaço.

Rubem é mineiro de Boa Esperança, e transpira calma e bom humor, mesmo cansado procurava ser o mais gentil possível com todos os que o esperavam, tirou muitas fotos e autografou bem mais que os 60 livros combinados.

O evento terminou às 22:00hs mas o aprendizado que o autor deixou na Bienal permanecerá por muito tempo.

Se você quer conhecer mais sobre o livro Pedagogia dos Caracóis entre no site da LEITURA e leia a resenha, aproveite e compre o livro também !!!

Fotos/Texto: Marcello Lopes

3 comentários:

Lia disse...

Oi, Marcello]
Que correria, hein? Será que vc vai chegar inteiro ao final dessa bienal? rs
Nossa, como o Rubem Alves está velhinho...

Nanda disse...

Ei Marcello,

Pelo jeito vc ta ralando horrores hein, mas estou adorando acompanhar as novidades.

Este foi mais um super dia que perdi, queria muito conhecer o Rubem Alves :(

Sucesso ai na bienal.

bjoo

Thais disse...

Oi !!

Adorei ver a minha amiga queidíssima bruna Longobucco nas fotos, ela é muito amiga, simpática merce muito sucesso!!!!

Ah, é um prazer conhecer seu blog! beijo grande!