terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

Séries de TV...HQ´s e Literatura

- O mestre Steven Spielberg está negociando para transformar o mundo dos dinossauros uma série de tv que se chamaria Terra Nova, os diretores do canal estão tão ansiosos que talvez fechem o contrato sem nem assistir um episódio-piloto.

É esperar para ver, já que nos últimos anos, Steven só não fez chover no cinema.

- A rede de tv americana FOX anunciou as datas do fim de temporada das séries de tv, entre várias séries estão as que eu sigo :
  1. House dia 17/05
  2. Human Target dia 05/05
  3. Fringe dia 20/05.
- Ontem nos EUA o gibi Action Comics nº 1, lançado em 1938, foi vendido por U$ 1 milhão de dólares, ele mostra a primeira aparição do Super-Homem.

Para se chegar a esse preço, os especialistas analisaram como a qualidade da conservação e a raridade - existem apenas mais outras duas edições da Action Comics #1 com essas características.



- Amanhã tem o lançamento do livro Amazônia de Euclides do escritor Daniel Piza na Livraria da Vila Lorena em Sp.

Em Amazônia de Euclides, o jornalista refaz a viagem realizada por Euclides da Cunha (1866-1909) no ano de 1905 – quando foi designado para liderar a comitiva mista brasileiro-peruana de reconhecimento do Alto Purus – e faz uma leitura comparativa da época com a realidade do local hoje.

Além de realizar um detalhado levantamento daquele rio, Euclides também fez uma importante análise histórica, social e geográfica do extremo oeste da Amazônia.

O livro conta também com os ensaios amazônicos, compostos por três artigos escritos por Euclides da Cunha e publicados, no ano de 1904, pelo jornal O Estado de S. Paulo. Neles (“Conflito Inevitável”, “Contra os Caucheiros” e “Entre o Madeira e o Javari”), o escritor fundamenta a urgência e a importância da expedição à fronteira com o Peru.

Tais textos foram escritos antes mesmo de Euclides ter a confirmação, por parte do barão do Rio Branco (então organizador das comissões demarcadoras dos limites brasileiros), de que seria membro integrante da comitiva que percorreria o Alto Purus.

Euclides da Cunha não chegou a escrever um livro sobre a Amazônia, mas seus estudos, após os trabalhos da comissão de reconhecimento, formam um dos conjuntos mais expressivos sobre a região – pouco depois da morte do escritor, tais estudos foram reunidos no livro À Margem da História.

Através de entrevistas e fotografias, o leitor tem a oportunidade de se aproximar um pouco mais da cultura e da realidade histórica de uma das regiões mais afastadas dos grandes centros do País.

Sinopse: Editora Leya

Pesquisa e Texto : Marcello Lopes

Um comentário:

.Dina. disse...

Esperar pra ver!
^^
Beijos!