quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010



Essa semana li em vários blogs sobre alguns textos copiados sem a informação da fonte ou da autorização do escritor, gerando assim um enorme desgaste e decepção.

Para entender leia :

http://nossosromances.blogspot.com/2010/02/blogagem-coletiva-nao-ao-plagio.html


O assunto é antigo, ainda mais na web que tudo e todos estão disponíveis o plágio é tão comum quanto a pornografia, mas isso não quer dizer que esteja certo.

O plágio integral ou não é crime intelectual e só engana os tolos, colar um texto que não seja seu diz muito sobre você mesmo e força o plagiador à um vício usual, porque ele sempre desejará a qualidade do primeiro plágio para manter sua "aparência".

Plágio, segundo o dicionário Aurélio, é "Assinar ou apresentar como seu (obra artística ou científica de outrem)". A origem etimológica da palavra ilustra o conceito que ela carrega: vem do grego (através do latim) 'plagios', que significa 'trapaceiro', 'obliquo'

Infelizmente, quem copia conta com a dificuldade de se identificar, muitas vezes, a origem legítima daquela obra. Portanto, podemos ter fracassados que são um sucesso e pessoas sem ética tidas como parâmetros de conduta.

Daí a importância de se rastrear e identificar o plágio, além de levá-lo às conseqüências legais cabíveis (lei nº 9.610, de 19.02.98, que altera, atualiza e consolida a legislação sobre direitos autorais, publicada no D.O.U. de 20.02.98, Seção I, pág. 3 por decreto do então presidente FERNANDO HENRIQUE CARDOSO).

Fonte desse texto : http://www.microbiologia.vet.br/Plagio.htm

Eu cometi um plágio por desleixo, copiei um texto de um livro sobre vinhos e fiz um comentário embaixo com a minha opinião, mas esqueci de citar a fonte do texto original, tanto que após ser avisado por um leitor do meu blog, informei a fonte e escrevi um pedido de desculpas. Lamentável !!

Plágio é crime, com ou sem desleixo.....

Nenhum comentário: