quinta-feira, 21 de janeiro de 2010

Uma mulher que fez a minha cabeça....




Faz muito tempo em uma danceteria que nem existe mais em sampa, fui abordado por uma menina que não parava de me olhar do outro lado da pista, ela foi mais rápida e criou uma situação para me abordar. 

Esse é o início da minha história com uma das mulheres mais apaixonantes que eu já conheci, seu nome é Eliane. Na época eu tinha 21 anos de idade, hoje eu tenho 36, então faça as contas !!!!!

Conversamos a noite inteira, falamos sobre tudo e de todos que estavam na mesa conosco, trocamos telefone, e ao longo do tempo fomos nos encontrando sempre em eventos culturais, festas e shows.

Foi a Eliane que me apresentou à Loreena Mckennitt, e me lembro como se fosse hoje, na Av.Paulista, a Eli chegou sorrindo e me dizendo o quanto eu tinha que ouvir o cd, e na época ela fez uma cópia que guardo até hoje, mais pela lembrança do que pela qualidade de som.

Me apaixonei, pelas duas.



Além de Loreenna, fui apresentado á Oswaldo Montenegro, Elis Regina, Rachel Ferrel, e mais uma porrada de músicos e cantoras que ou conhecia muito pouco ou não conhecia nada.

Fui apresentado também á literatura de Leo Buscaglia, que me salvou de alguns enganos e que eu guardo com muito carinho todos os livros dele.

Na época, a Eli estava fazendo Musicoterapia no Marcelo Tupinambá, perto do metrô Vila Mariana e sempre que possível eu fazia uma visitinha em meio as aulas. Um grande amigo meu dava aulas de História da Música lá também.

Em um sábado á noite, ela me visitou em casa, abri uma garrafa de vinho e ficamos conversando e eu lendo meus poemas, alguns especialmente para ela,
e de repente, sem mais nem menos, ela me beijou.

Ficamos juntos e devo dizer sem medo que foi a melhor e mais profunda sensação que eu tive em muitos anos, e nenhuma ex até hoje me deixa tão desarticulado quanto ela.

Foi a minha melhor época, na verdade eu quero acreditar que ela foi a única que me deixou marcas profundas, foi a única que misturou música + poemas + amor, sempre que alguém me perguntava quem foi a melhor ou a mais marcante ex-namorada, eu dizia sem respirar, Eliane.

Infelizmente eu não soube aproveitar a oportunidade e nos separamos, mas por uma graça divina após 4 anos afastados, voltamos a nos falar, a conversar, falar das nossas escolhas amorosas erradas, para saber o que cada um estava ouvindo, e lembrar isso me traz um sorriso no rosto e esses momentos são para poucas pessoas.

A minha trilha sonora para lembrar da Eli é Chet Baker, cantando My Funny Valentine, e lembro-me dela tocando Clair de Lune de Debussy, uma das cenas que não me saem mais da cabeça, lembro dela ouvindo Loreenna, Tom Jobim instrumental, Elis Regina, Oswaldo Montenegro, e me lembro também dela me visitando na Fnac Pinheiros enquanto eu trabalhava lá pra ouvir e conversar de Jazz, sempre correndo com seus compromissos.

Eliane é uma pessoa muito especial na minha vida, além de qualquer rótulo, etiqueta, uma mulher que me incentivou a sempre ser melhor e que se ela me chamar eu vou...pra onde for, quando ela quiser.

Sempre torci para a sua felicidade em todos as esferas de sua vida, me dói muito ficar longe dela.

A Eli tem uma vida tão atribulada como a minha, pessoalmente, emocionalmente e profissionalmente falando, mas a diferença é que seu talento sobrepõe todos esses problemas.

Pianista de primeira, comecei a vê-la tocar no Brooklyn, uma casa em Sp onde os garçons além de servirem as mesas, fazem performances de musicais da Broadway e outros clássicos. Temos amigos em comum, como a Andrezza Massei, outra mulher talentosa que eu tive a rara oportunidade de conhecer.

Depois a vi tocando na Bar Avenida, perto da Fnac, na sala de espera do aeroporto.

Além disso, Eliane tem uma firma de eventos, que trata diretamente com empresas para shows e apresentações específicas, e com seus contatos com cantores e outros instrumentistas e até iluminadores, ela faz um verdadeiro show.

Com esses eventos, ela já se apresentou na Casa das Caldeiras em São Paulo para um evento da FGV, viajou para outros estados do Brasil, entre outros eventos ....




Suas apresentações aqui no Youtube, aprecie :

http://www.youtube.com/watch?v=89z2kop10Rk

http://www.youtube.com/watch?v=uzHQzN4wXeU

Um comentário:

Laura disse...

Se eu li esse post duas vezes, imagina a Eliane =D.