quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

Prêmio Costa goes to....



O poeta britânico Christopher Reid, 60, é o grande vencedor do prêmio Costa de Literatura (antes chamado de Whitbread Book), um dos mais importantes da Inglaterra. Ele venceu com a coletânea de poemas "A Scattering" ("A Dispersão", em tradução livre), escritos durante a fase final da doença de sua mulher e meses depois de sua morte por câncer.

O prêmio soma 30 mil libras (cerca de R$ 90 mil). Ele era um dos cinco finalistas ao prêmio, entregue em Londres.

No começo do mês, já havia sido anunciada a lista dos vencedores em cinco categorias: Reid na poesia, Colm Tóibín no romance, com "Brooklyn", Raphael Selbourne na melhor primeira obra, por "Beauty", Graham Farmelo na biografia, com "The Strangest Man", e Patrick Ness na literatura infantil, por "The Ask and the Answer". Cada vencedor levou 5 mil libras (cerca de R$ 15 mil).

"Estou absolutamente encantado e desconcertado por receber este importante prêmio literário. O livro foi, em si, difícil de escrever, mas tem tido uma época feliz desde que chegou às mãos do meu editor", disse Reid.


Josephine Hart, presidente do júri, descreveu a obra de Reid como "uma obra-prima", cheia de frases inesquecíveis.

Ela comparou o poeta a autores como W.B. Yeats e Thomas Hardy, que se inspiraram em suas tragédias pessoais para escrever.

"De uma forma estranha, [o livro] impele à vida, pois fala do triunfo do amor antes e depois da morte", disse Hart. "Sentimos que se trata de um livro que desejávamos que todos lessem após a adolescência (...) Consideramos este trabalho austero, belo e emocionante."

O Costa de Literatura era, até 2006, conhecido como Whitbread Book, criado em 1971. O nome mudou após a troca de patrocinador. Saiu o grupo Whitbread, que começou como uma cervejaria e hoje tem negócios nos setores de hotelaria e lazer. Entrou a rede Costa, de cafeterias. Só podem participar do prêmio autores nascidos na Irlanda ou Grã-Bretanha.

Além do Costa, a literatura inglesa também é celebrada com o cobiçado Booker Prize, considerado o prêmio literário britânico de maior prestígio, cujo resultado só sai no segundo semestre do ano.

Nenhum comentário: