sábado, 19 de dezembro de 2009

Pensamento.




A ciência mais antiga do mundo é o estudo da mente humana, por séculos estudiosos se debruçam para estudar os limites do poder do cérebro.



Hoje estudiosos do mundo inteiro se voltam aos antigos para compreender o pensamento, a forma como era usado, textos antigos que falam sobre o poder mental são esmiuçados, os Vedas ( os quatro textos, escritos em sânscrito por volta de 1500 a.C., que formam a base do extenso sistema de escrituras sagradas do hinduísmo) descrevem o fluxo de energia mental, o Zohar (Zohar em hebraico זהר, "esplendor" é considerado como um dos trabalhos mais importantes da Cabalá, no misticismo judaico.) explora a natureza da mente-espírito, os textos xamanísticos falam de uma influência remota em termos de cura à distância, sem falar na Bíblia com seus textos tais como :

- " Devemos construir nosso templo sem ferramentas e sem ruído".

" Vóis sois o templo de Deus" - Coríntios 3:16




Todos na antiguidade sabiam do poder latente que existe em nós, os egípcios escolhiam seus sacerdotes após um intenso teste, onde todos os sentidos eram testados, e quando apenas um último candidato restasse, ele aprenderia os mistérios do antes e do depois, o que foi e o que será, em uma câmara preparada para esse ritual.

O poder da mente sempre foi o tesouro a ser descoberto pela ciência, até hoje os cientistas estudam os fenômenos que ocorrem em reuniões espíritas, como movimento de corpos inertes, ruídos, voz direta, curas fenomênicas, transportes, etc.

Certas comunicações dadas por Espíritos desencarnados através de aparelhos eletrônicos ( TCI ), onde alguns autores disseram não haver necessidade da presença da mediunidade, foram produzidas por ação de médiuns de efeitos físicos involuntários.

Esse tipo de médium era muito comum no advento do Espiritismo e foi muito útil na divulgação das idéias espíritas, chamando a atenção das pessoas para a realidade do fenômeno.




Nos exames de ressonância magnética feitos em iogues meditando, foi constatado que o cérebro através da glândula pineal produz uma substância parecida com a cera, essa secreção não se parece com nenhuma outra substância do corpo humano, e tem o efeito curativo, e só pode ser criada por uma mente em estado de profunda concentração.

Mateus 6:22 - "Quando teu olho for bom, todo o teu corpo terá luz." Esse conceito também é representado palo chacra ajna e pelo pontinho na testa dos hindus.



Os antigos já conheciam muitas das verdades científicas, como a cura pela imposição das mãos ( chamado hoje de REIKI pelos esotéricos, PASSE pelos espíritas).

Partículas reagem aos pensamentos, nossos pensamentos tem o poder de alterar o mundo, quer um exemplo, experimente fazer comida nervoso(a) o gosto da comida não irá agradá-lo(a).



Pensar é uma função que a natureza nos atribuiu. A mente nos torna humanos, mas é o maior poder que temos. O estado dos nossos pensamentos determinam nossa vida e a vida muda quando os pensamentos mudam.

Os pensamentos são como raios que partem da pessoa que pensa e vão para outras regiões,onde afetam outras pessoas.

Somos responsáveis pelo bem e pelo mal que eles proporcionam. Observe todos os dias o estado do seu pensamento e dos seus sentimentos.

Uma vez em um centro espírita, foi solicitado que as pessoas pensassem em rosas, todos na sala vibrando e mentalizando rosas, o resultado foi um cheiro indescritível de rosas....

Pensamentos plasmam o que desejamos, os mentores da casa disseram que os espíritos vêem os nossos pensamentos justamente por isso, por serem tão poderosos que deixam rastros durante a vida inteira.

Para os que não acreditam em espiritismo, existem diversos relatos de enfermeiras que foram expostas à seringas contendo sangue infectado com o vírus HIV e que não desenvolveram a doença, o livro O Segredo, ensina como pensar no que queremos e afirma que tudo que pensamos conseguimos.

Pessoas que foram diagnosticadas com câncer e que meses depois foram submetidas à novos exames e nada foi constatado, suas células estavam saudáveis.

Grupos de oração, o poder do pensamento humano cresce exponencialmente em proporção à quantidade de mentes que compartilham um mesmo pensamento.

Esse texto foi inspirado na leitura do novo livro de Dan Brown, os intelectuais de plantão podem torcer o nariz, mas seus livros sempre me ensinaram muito, como simbologia, religião, história, fatos que realmente aconteceram e que fazem parte do que somos hoje, querendo ou não.

Marcello Lopes

Nenhum comentário: