quinta-feira, 12 de novembro de 2009



O escritor Stephen King atrasou o lançamento de seu novo romance "Under the Dome" (ainda sem versão nacional) em formato digital, pois quer ajudar as livrarias pequenas. O livro começou a ser vendido no último dia 10 nas livrarias norte-americanas, mas só será lançado em formato digital a partir de 24 de dezembro.

O autor não é contrário aos e-books, tendo lançado diversos volumes como "Riding the Bullet" e "Ur" digitalmente antes de no formato impresso e sendo um fiel dono de um leitor digital "Kindle", mas afirmou em uma entrevista ao "The Wall Street Journal" que queria ajudar livrarias menores a vender seu livro e ganhar algum dinheiro. Ele afirmou que os vendedores de e-books, por possuírem custos de produção e distribuição muito reduzidos, acabam tendo uma vantagem competitiva sobre as livrarias convencionais.

De fato, grandes best-sellers como o de King acabam sendo colocados em pré-venda por menos de 10 dólares, preço impossível para as livrarias menores, especialmente com uma guerra de preços entre gigantes como Wallmart, Target e Amazon.
Outros autores norte-americanos estão adotando a mesma estratégia para capitalizar as vendas de fim de ano. As memórias de Ted Kennedy e Sarah Palin também tiveram o seu lançamento digital atrasado para aquecer a venda dos livros impressos.

Nenhum comentário: