terça-feira, 24 de novembro de 2009

Cuba, Lula e outros conflitos



É amigos, me lembro bem de quando o Chico Buarque no alto da sua militância pseudo-comunista visitou Cuba no dia nacional de corte de cana, um dia em que todos os habitantes da Ilha vão "simbolicamente" cortar alguns acres de cana, inclusive  Fidel Castro, o cantor quando soube disso ainda no aeroporto nem quis passar pela alfândega, voltou pro Brasil onde a vida é leve, livre e solta....

Moral da história : Comunismo é bom para os outros e desde que eu esteja no Brasil, com o chopp e liberdade em dia, então tudo bem.

Muitas pessoas acreditam que Fidel é um herói, inclusive Che Guevara que com o filme foi alçado à estrela de Hollywood, mas infelizmente a história contada difere muito da vivida.

Che foi um iludido que matou muitos inocentes e levou outros tantos a matar e morrer por sonhos de liberdade que nunca se concretizaram.

Se o comunismo fosse a maravilha que muitos alardeam por aí, inúmeros atletas não fugiriam, milhares de habitantes da Ilha não fugiriam em embarcações que fazem água antes mesmo de entrar no oceano.

A USSR não teria entrado em colapso, com sua infra-estrutura em estado lastimável, a descoberta de regalias para os altos executivos, com geladeiras cheias de carne e o povo vivendo o sonho de uma comunidade igualitária, sem classes, e na realidade eram sem classes, sem dignidade e sem liberdade de expressão.

Podem me falar que as pessoas tem educação de qualidade, mas não tem emprego então que adianta isso ?Faz-se uma faculdade de medicina com os melhores professores de cada área, mas quando busca um emprego é para ganhar mínimo, sofre com a inexistência de inúmeros bens de consumo, energia elétrica em escassez, gasolina e outros produtos em falta.

Dizem que o povo cubano ama Fidel, eu duvido muito. Um povo que é privado de opinião, de ir e vir não me parece ser muito real essa afirmação.

Até a irmã de Fidel, Juanita Castro, revelou que colaborou com a agência americana de espionagem CIA contra o governo cubano antes de se exilar em Miami, em 1964. Ela disse que começou a perder entusiasmo com a revolução quando viu pessoas serem presas e executadas.

"Nós costumávamos culpar as pessoas do escalão de baixo, mas as ordens não vinham das pessoas do escalão de baixo. Elas vinham do escalão de cima, de Fidel, de Che, de Raúl".

Desde que eu descobri o blog http://www.desdecuba.com/generaciony/  da cubana Yoni Sanchez, sempre o leio mesmo que o meu domínio em espanhol seja básico I, ficamos sabendo da verdadeira realidade cubana sem o marketing dos artistas idiotas que defendem Fidel ( Desde que não precisem mudar pra lá...) ou das notícias vinculadas pelo governo amigo dos ditadores Lula Comuna da Silva.

Para quem não estava no planeta Terra nas últimas semanas, foi noticiado o sequestro da blogueira quando ela se dirigia à uma manifestação, um evento raro em Cuba, a cubana foi agredida e ameaçada por homens em trajes civis, levada em um veículo sem placas por homens do governo, ela foi agredida nos rins, nas costas, na cabeça, abaixo um parte do texto em seu blog relatando o ocorrido :

- "Estoy superando las lesiones físicas derivadas del secuestro del viernes pasado"

Após o afastamento de Fidel ( vaso ruim não quebra !!!!) seu irmão Raul assumiu o comando e a repressão na Ilha e ...nada mudou!!!

O que me irrita é assistir essa anta do Lula bater palmas para ditadores como Fidel, Hugo Chavez, Evo Morales, e se abstém de condenar o Sudão por violações aos direitos humanos, não toma nenhuma atitude quando os equatorianos expulsaram do país os executivos da Odebrecht .

Foi a mesma anta que revisou o acordo de Itaipu com o Paraguai 15 anos antes do vencimento e agora nós pagamos 3x mais por energia do vizinho, criticou as manifestações contra fraudes no Irã e agora abraça Ahmadinejad e defende seu projeto nuclear....

Com o apoio do Brasil na América Latina, quem não vai suprimir os direitos alheios. . . .????

Dizem que o capitalismo é o inimigo do povo, eu acredito que qualquer regime ou ideologia que venha do homem é podre, algumas menos outras mais, quem leu a Revolução dos Bichos sabe muito bem o que eu quero dizer, apesar das críticas aos regimes na época, no final os animais fazem o que os homens estavam acostumados à fazer, nivelar todos os sem poder e abusar do status no regime.

É o ser humano que não presta, não mataram Jesus por suas idéias revolucionárias ???? Gandhi e seu movimento de não-violência, Martin Luther King, o extermínio dos monges budistas pelos soldados chineses ? As Freiras que eram jogadas no oceano de avião pelos militares argentinos ?

Hitler tinha a idéia de exterminar todos os seres humanos que não fossem exemplos do que ele conhecia como produto ariano, os judeus estão exterminando lentamente os palestinos, os indonésios mataram até pouco tempo atrás os timorenses.

A desintegração de Estados socialistas - principalmente a União Soviética (URSS) e a Iugoslávia - fez renascer rivalidades étnicas e religiosas que haviam sido congeladas por regimes totalitários. Confrontos herdados da Guerra Fria, como a guerra civil em Angola, também resistem à passagem do milênio.

A guerra civil no Afeganistão, por exemplo, opõe fundamentalistas muçulmanos da milícia Taliban (patane) a grupos islâmicos de outras etnias (tadjique, uzbeque e hazará). A origem religiosa distinta é fonte de tensão no Sri Lanka, onde tâmeis (hinduístas) e cingaleses (budistas) estão em luta desde os anos 80.

Em Angola e Serra Leoa, os guerrilheiros da União Nacional para a Independência Total de Angola (Unita) e da Frente Revolucionária Unida (FRU) intensificam, respectivamente, a luta contra o governo desses países.

O caso da guerrilha separatista ETA (Pátria Basca e Liberdade), partidária da soberania do País Basco, região encravada entre a Espanha e a França.

O IRA em sua batalha pela Independência contra os ingleses.

Enfim, basta uma desculpa para se começar um massacre e por que não a ideologia ????

Marcello Lopes

2 comentários:

Hélio disse...

Companheiro "dono do blog",
é claro que todos temos opiniões, não estamos aqui para descordar,muito menos iniciar um debate sobre o tema (de debate estou cheio,nessa época de eleições).
Enfim... Apenas queria entender em que livros,revistas ou quaisquer outras fontes você busca informações para os posts aqui no seu blog, que por sinal, não é ruim (está de parabéns!)
Não entenda isso como um insulto,companheiro,mas é que hoje em dia estamos acostumados com pessoas que só vêem um lado da história e se contentam com aquilo. Eu queria saber se você está nesse meio (e eu espero que não, mas se estiver, por favor, procure ver o "outro lado" da questão que, realmente, é um tanto quanto polêmica).
O Comunismo pode até ser "ilusório", mas há quem acredite nele, há quem viveu em tempos da nossa história em que o comunismo/comunistas resolveram (ou ajudaram) a definir o caminho que nosso país segue hoje (mesmo que não haja um reconhecimento disso).
Bom, acho que é isso... Me desculpe se estás ofendido com alguma coisa, mas saiba que sou um grande fã de seu blog (e olha que é a primeira vez que o visito).

Marcello disse...

Companheiro Hélio.

O outro lado da questão que você diz é entender o comunismo em sua essência, correto ?
Bom, os livros e revistas que eu leio, você deve ter acesso inclusive no blog da jornalista cubana que foi citada no post.

Em que meio você se refere Hélio? Não entendi, devo passar uma temporada em Cuba para saber diferenciar os benefícios ou malefícios do comunismo ?

Eu sou de direita, mesmo que nunca tenha militado.O lula ajudou o país ? Sim, claro. Mas não é essa maravilha que você acha não.

Não precisa se desculpar pq as desculpas são apenas pra quem se ofende, você tem sua visão e eu tenho a minha, não sou inexperiente e nem muito menos ingênuo,já morei na Europa, nos EUA, não escrevo em cima de opiniões de terceiros, tenho opinião própria (assim como vc !!).

Espero que leia sempre meu blog, comente, critique, a democracia serve pra isso, diferente da ilha do Fidel que ninguém pode nada.

Mas é a vida.