segunda-feira, 5 de outubro de 2009

Cafés



Eu adoro tomar um café, seja em casa ou em algum lugar para acompanhar uma boa conversa.

Meus encontros com a Lu sempre foram acompanhados de xícaras de café, capuccino ou chocolate e esse ritual de certa forma marcou nosso namoro, ao vermos uma xícara fumegante de café sempre nos lembramos de algum lugar que fomos ou do momento que passamos juntos.

O bate-papo é algo comum no ser humano, e nada melhor que ser muito bem acompanhado, penso que muitas idéias da civilização surgiram em mesas de café ao redor do mundo.

Os pintores impressionistas Monet, Pissarro se encontravam com amigos, escritores como Zola, outros pintores e críticos de arte em bares onde bebericavam suas bebidas preferidas e passavam noites discutindo política, costumes e lógico, arte.




Pensando nisso, fiquei navegando atrás de uma foto legal para ilustrar esse post e descobri que existe uma ONG nos EUA chamada Conversation Cafés, um movimento que reúne amigos e estranhos ao redor de uma mesa de café para falar sobre questões relevantes e para aproximar as pessoas uma das outras.

Esse movimento nasceu depois dos atentados de 11 de Setembro com o lema "Nós precisamos nos conectar uns com os outros".

Acredito que quando as pessoas estimulam a conversa, aumenta o grau de sabedoria e pensamento crítico, além de ser uma ótima oportunidade de aprender a dividir idéias e nos tornarmos menos solitários.

http://www.conversationcafe.org/




Exercite essa arte você também.

Marcello Lopes
Fotos: Marcello Lopes

Um comentário:

Caféína disse...

Bom, precisa nem dizer o quanto eu amo café.
E muito deste gostar vem dos bate papos, desde pequena em volta da mesa. Ccafezinho quente como companheiro nas madrugadas!

Brindemos pois!