segunda-feira, 20 de julho de 2009

Livro da Semana


Tudo começa com uma viagem rumo à montanha.


Quem a percorre é Hans Castorp, personagem principal desta obra-prima escrita pelo alemão Thomas Mann (1875-1955).


Hans, um jovem, vai à montanha visitar um amigo internado com turberculose. Lá, ao descobrir-se também doente, não volta à cidade por alguns bons anos.


É quando desliga-se do mundo de fora para mergulhar na introspecção. Amadurece idéias sobre a humanidade, as artes e o tempo, este último um dos temas mais emocionantes de A Montanha Mágica, escrito entre 1912 e 1924.


Prêmio Nobel de Literatura, Thomas Mann utiliza uma narrativa do gênero alemão chamado de bildungsroman, ou “romance de formação” – quando o protagonista é apresentado em todos os seus traços, sejam eles físico, moral, psicológico e social.


Provando por fim que nossas emoções, anseios e perguntas também se formulam através do meio e do tempo em que vivemos.

Nenhum comentário: