quinta-feira, 7 de maio de 2009

"Mas na hora de provação volta atrás". - (Lucas 8:13).



Essa frase nos últimos dias tem ressoado com um trovão dentro de mim.


Mas na hora de provação volta atrás, significa que na hora que a merda bate no ventilador todos os seus preconceitos e desejos mesquinhos desaparecem ou são devastados.


No último domingo aconteceu um terrível acidente que acabou me mostrando que Deus escreve certo por linhas totalmente tortas.


Encontrar meu pai caído na cozinha em meio a uma poça de sangue é uma das imagens mais terríveis que presenciei na vida, e até agora quando fecho os olhos eu o vejo deitado lá, indefeso e sangrando.


Por muitos anos não tive prazer em sua presença, não compartilhava nenhum sonho e nem muito menos algum sentimento de compaixão.


Mas na hora da provação tudo volta atrás, e quando eu o vi ali, nenhum sentimento de desprezo ou de indiferença foi páreo para as lágrimas e o sentimento de pena e compaixão que se assomou em todo o meu corpo.


Meu grande amigo Pinácio me disse uma vez que seu maior alívio foi ter o pai morrendo em seus braços, e naquele momento na cozinha eu só pensava em uma coisa :


- É a minha vez.


Espero fazer por merecer essa oportunidade de zerar as diferenças ou pelo menos minimizar os estragos causados pelo tempo.

Nenhum comentário: